sexta-feira, 10 de julho de 2009

Volta pra Sampa!

08/07 - de Brasília para home sweet home


Madrugadinha estávamos todos em pé tomando café. Fomos para o aeroporto, me despedi de Karla e Igor e fui pegar meu avião parecendo uma muambeira, cheia de malas e sacolas, rs. Como eu trouxe vários presente do Nóti pra Karlinha (tipo limão do pé da minha tia, abóbora de lá também, mel, doce) minha mala ficou bem mais leve e eu não tive que despachar dessa vez.

Entrei no avião e fiquei bem na janelinha, pra ver se perco esse meu medo besta de avião e acabei fazendo amizade com um casalzinho muito gente boa de Brasília. O voo acabou atrasando 2 horas porque o aeroporto de Cumbica estava fechado por mal tempo (eita sorte...) e o pior é que tivemos que ficar presos dentro do avião estacionado no hangar (acho que é hangar, né). Só me restou falar muito, coisa que sei fazer bem, conversar e contar causos, porque tudo acontece comigo ou com alguém que eu conheço, rs. Agora mesmo tenho uma história de um atraso de 2 horas de um voo, ué!

A viagem foi super rápida, menos de duas horas chegamos em Sampa (mais rápido do que ir de bus pro meu antigo trampo!). Desci no aeroporto com minhas muambas e fui tentar pegar um taxi. 75 pilas, logo desisti... como não consegui falar por tel com meus pais, peguei 2 onibus e cheguei em casa, andando torta, doida de raiva, com a mochila rasgando... pior de tudo foi chegar em casa, largar as coisas no chão e sair correndo pra resolver problemas, tipo meu trampo, meu curso de nutrição. A vida voltou ao normal! Quando eu era mais nova e morava com os pais voltar de viagem não significava nada, era só dormir e comer que tava bom, rs. Hoje tenho a casa pra cuidar, várias coisas pra fazer...

Bom foi ver meu Otto! Que saudade que eu tava dele! Ele chegou super tarde do serviço e eu tava tão cansada que nem deu pra matar muito a saudade dele, 7 da noitinha eu tava capotada!!! Mas só de ve-lo e dar um monte de beijo e abraço nele compensou! Amo mto esse branquelo do caraio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário