terça-feira, 3 de novembro de 2009

Da série "hoje eu assisti"

Nossa, assisti muuuuuuitooos filmes desde meu último post sobre filmes... assisti filmes de terror, de comédia, tantos que já esqueci de vários. Estou tanto tempo sem postar sobre filmes que aconteceram várias coisas, o Patrick Swayze morreu (eu tinha comentado sobre ele num dos meus primeiros posts), acho que o Michael Jackson também morreu nesse meio tempo de seca de posts sobre filmes. Assisti Laranja Mecânica, que eu nunca tinha assistido, só ouvido falar. Assisti o Iluminado, que ficou a desejar, porque me fizeram tanta propaganda que esse era O filme, que quando assisti, nem achei tudo isso. Mas achei bom sim. Esse post mesmo é pra falar sobre o filme do Michael Jackson, o This Is It, que está sendo tão comentado. Sábado fui com Otto assistir esse filme. Eu tava afim, mas não tava looouca pra ver o filme, sabem? Assisti e adorei, valeu cada real do ingresso (carinho por sinal, por isso que o povo não sai de casa mais). O filme fala sobre os ensaios que foram feitos para a série de 50 shows que Michael ia fazer em Londres. Detalhe: ingressos para esses 50 shows todos vendidos. Os ensaios foram gravados para arquivo pessoal de Michael e no fim as imagens foram usadas para fazer um filme mostrando como era o Michael Jackson artista, cantor, dançarino, como pessoa. O filme é muito bom, emocionante, com muita música e comentários. Você assiste o filme batendo o pézinho no chão, cantando "Smooth Criminal" ou "Thriller". É muito bom e pretendo ir de novo essa semana com mi Mamá assistir este filme, vale muuuuito a pena! Uma das melhores cenas é um dueto que o Michael faz com uma das back vocals... muito lindo! E artista megalomaníaco que era o Michael (além de perfeccioniiiista! Vou pesquisar se ele era virginiano!), os ensaios foram todos feitos num palco que lembraria o que seria usado nos shows de verdade. As roupas e maquiagens também foram usadas de acordo com o que seria usado no show. As roupas realmente era um capítulo à parte, todas muito brilhantes, várias customizadas, umas jaquetas doidas que o Michael usava com cristais e ombreiras enormes, bem 80's. Os dançarinos eram ferrados, muito bons mesmo no que faziam, as roupas lindas, tinha uma guitarrista com uma bota tão linda... Otto odiou, mas eu gostei, tão brilhante! Michael estava magro, muito magro mesmo. Com as gravações parecia que ele sabia que ia morrer. É estranho, mas quem assistiu há de concordar comigo, parece que ele sentia que ia morrer. Acho que ele estava tão debilitado mentalmente e o corpo tão magro, frágil, que a morte, até mesmo pra ele, não seria surpresa. Ele era diferente, esquisito, cheio de manias, mas ninguém pode negar, ele era um gênio, muito bom mesmo no que fazia, cantava demais e mesmo com cinquentinha, dançava muito! Uma pena que esse cara morreu, uma pena mesmo... sem hipocrisias, ele aprontou muito na vida dele, com aqueles rolos de pedofilia e tudo mais, mas vamos concordar, o céu deve estar em festa agora, o cara era genial!

Uma das melhores do Michael: Billie Jean

YT: http://www.youtube.com/watch?v=En-cHBv7UpA&feature=channel

Um comentário: