sexta-feira, 12 de março de 2010

Sumida

Eu andei sumida, meio desaparecida por aqui. Estou numa correria frenética no momento que me remete aos tempos de colégio, em que fazia o ensino médio de manhã, ia pra casa, comia, tomava banho, ia pra informática e depois corria pra Casa Verde, ter aulas de hotelaria no Einstein. De quebra, aos fds, ia para festas, dormir na casa das amigas, para casa da vó, enfim, tudo menos dormir. A diferença para agora é que a minha responsabilidade durante o dia não é mais fazer o ensino médio e poder faltar quando o sono está muito grande. Agora eu tenho que trabalhar, e muito. Também não moro mais com a mamãe, com roupinha lavada, comida feita e pão no queijo levado na cama pelo papai (meus xodós!). Agora tenho minha casa, meu marido, meu cachorro, tudo tão meu que depende muito de mim e eu claro, dependo deles também. De um eu dependo do amor e do outro do amor e do companheirismo. Claro, se não fosse Otto san, minha vida seria no mínimo duas vezes mais caótica. Eu amo me comprometer, me enfiar em responsabilidades, em cursos, em coisas que exijam muito de mim. Adoro me lascar, viver cansada. Com isso, não paro quieta e sempre tenho histórias pra contar, pessoas novas pra conhecer, coisas novas para aprender e aí vai. Eu estou muito orgulhosa de mim, cansada, mas orgulhosa. E sei que quem me ama e me apóia também está orgulhoso. Trabalho pra caramba, estudo em duas faculdades, (quase) limpo minha casa. Aos fds, passeio com Otto, às vezes vejo o Thomas, as amigas, sempre vejo meus pais. Cansa? Muito, mas ficar parada nunca foi comigo, sou ligada na tomada. Sei que dormir é importante, mas no geral acho um desperdício de tempo. De tempos em tempos contorno o prejuízo dormindo até uma da tarde num domingo tranquilo, tipo uma vez por mês. O Max me ajuda não mijando a casa inteira. Otto me ajuda limpando a casa. Os dois me ajudam me amando muito, me motivando a crescer mais, sempre. Minhas amigas me motivam, porque sempre me elogiam nas minhas decisões. Meus pais adoram me cobrar, mas sei que é o jeito deles de se orgulhar e me ver sempre melhorando. Meu irmão é um barato, anima meus dias. Agora estudamos juntos, o vejo muito mais, além de um ajudar muito o outro com conversar, compania e pra quebrar aquela insegurança de lugar novo, sem conhecer ninguém. A vida tá uma correria, mas quer saber? Pra mim tá uma delícia!

Música que dá um up na hora de limpar a casa: Lauren Wolf - I Walk The Line

Nenhum comentário:

Postar um comentário