terça-feira, 11 de maio de 2010

Passeando com o Max

Ontem tive uma idéia de jerico típica de paulistano, que é chegado em coisas 24 horas (mercados, farmácias, academias e agora, pet shops). Talvez eu ainda ame coisas 24 horas por não ter filhos, apesar de ter me surpreendido ontem. Saindo da aula resolvi passar no Pet Center Marginal para ver se o meu Max podia tomar um banho. Confirmei que o salão de estética de lá é 24 horas e toca pegar o Max em casa pra ficar bonitão. Abaixei o banco do passageiro, que virou uma caminha e lá foi meu co-piloto deitadão e de língua de fora, me olhando dirigir. Chegamos, fila de espera enorme, fila de cadastro idem. Aproveitei a fila para pesar meu pequeno Pumba: 16,5kg! Dei o número de cadastro, a moça logo perguntou "é o Max ou a Lua?", falei do Méc e peguei nossa senha. Subindo para o andar do salão, fila ENORME de espera master. Meia noite, várias pessoas sentadas com pugs, boxers, gatos persas. Tinha uma mulher com um carrinho com quatro lhasas. Tinha homem, idoso, jovem, mulher com filhos, tinha de tudo. Aproveitei para passear com meu bolinha e experimentar produtos novos. Experimentei todas as escovas de cachorro que tinham, mas confirmei que o Max não precisa se pentear, o pelo dele não para quieto mesmo. Experimentei roupas, bonés, brinquedos. Tentei comprar uma coxa de frango, mas não adiantou, ele nem ligou pra coxinha que fazia barulho quando apertava, me olhava com aquela cara de aff. Comprei um shampoo pra ele, esperando criar coragem de dar banho no pequeno rino dentro de um box de 1x1m. Shampoo com óleos, anti-pulgas e queratina, muito chique, bem. Andamos mais, pena que os filhotes de cachorro e os animais exóticos já estavam guardados, era muito tarde e eles precisavam dormir. Me segurei para não comprar mil molhinhos, latinhas e cia, porque Max tem problema de estômago e não pode ficar comendo essas coisas. Uma vez quase matei meu gordo, dando latinha Pedigree todo dia pra ele. Além de gastar uma nota com veterinário, ele teve que tomar remédios por vários dias, tadinho do meu Max... mas mesmo assim compramos um sacão de biscoitos Dog Chow e ganhamos um pote para biscoitos lindo! Compramos ossinho palito, biscoito marrobone e uma frescurite nova que não resisti: biscoito de frutas e aveia, que tem cheiro de barrinha de cereal. Max, vira-lata chique que é, adorou, claro. Come um por noite, antes de dormir, depois de passear. O Max é o reizinho da casa. Dizem que isso vai acabar o dia que eu tiver um filho. Como ter um filho está beeeem longe nos meus planos, principalmente depois de ter voltado a estudar, a gente vai mimando o moda foquinha. Duro é ter tanto amor nessas noites de frio, como ele se mexe e anda pela casa, incomodado... até cancelei a tosa dele pra ele não passar tanto frio. E o banho no Pet Center? Ficou pra depois, a fila de espera, depois de uma hora esperando, era de duas horas. Paulistano é figura mesmo...


O bebê multicolor da mamãe!

Um comentário:

  1. Ai que lindo!!! Demais! AMO viralatês legítimo, com pedigree e tudo, rs
    Menina, fila prum banhinho? Não tem um Pet mais perto de casa não? Aqui em RP tem um em cada esquina... rs

    ResponderExcluir