segunda-feira, 16 de agosto de 2010

5 motivos para nunca casar

Li hoje esse texto na Folha, achei pertinente e me rendeu boas risadas pela veracidade, huhuauah! Não que eu concorde com tudo, claro, afinal, adoro a Lia e o Américo, por exemplo.

Não caia nessa armadilha chamada "casamento". Ou ele foi inventado por alguém de muito mal com a vida ou por algum humorista que resolveu sacanear com a humanidade.

1- A família do outro: quando você casa, sua família duplica. Desse dia em diante, você é obrigado a conviver com a sogra e sua vassoura, o sobrinho capeta, a cunhada (bom... se a cunhada - ou cunhado - for gostosinha, isso pode ser uma vantagem).

2- Excesso de intimidade: a convivência acaba revelando coisas que a gente não gostaria nunca de ver. Você achava que tinha casado com a Gisele Bündchen, mas acabou casando com a mulher barbada do circo.

3- É contra a natureza: está provado que o homem é polígamo. Cedo ou tarde, ele vai dar uma "escapada". O casamento é, na verdade, uma bomba-relógio.

4- Liberdade: esqueça atividades fundamentais como: sair com os amigos para tomar umas e pegar minas. Fazer cocô de porta aberta ou dormir de meias sujas, nem pensar!

5- Fralda: aviso para as minas, o trabalho de trocar fraldas não acaba quando os filhos crescem. Depois você vai ter que trocar também as fraldas do seu marido e... até que a morte os separe!

Dica: se seu (sua) namorado(a) estiver a fim de "juntar os mijados", enrole o máximo de tempo. Depois de casado é muito mais difícil armar "puladas de cerca".

Nenhum comentário:

Postar um comentário