sábado, 14 de dezembro de 2013

Medo de dentista - Parte III

A primeira sessão de tortura, ops, dentista chegou e foi menos pior do que imaginei, graças a Deus! Quase morro do coração, cheguei ao dentista como se fosse pra forca, credo, preciso tratar esse medo!

A doutora me explicou como seria feito o tratamento, que limpezas profundas seriam feitas e que eu teria que começar a fazer um tratamento em casa, com creme dental e enxaguante específico para tratamento de gengivas. A limpeza começou e ela me perguntou se eu queria anestesia. Optei por começar sem e ver até quando eu aguentaria. Não sei se fiquei mais forte depois que tive o Arthur e também a mão levinha da doutora contou muito, mas não precisei da anestesia e foi muito mais sossegado do que eu imaginei!

Saí do consultório com outra sessão marcada para semana seguinte, fui comprar a tal pasta e enxaguante e quase vou à falência de novo (bem feito, quem mandou não ir ao dentista?) e demorei alguns dias para encontrar a pasta de dente, difícil de encontrar ainda por cima.

Na semana seguinte voltei e fizemos a segunda sessão, novamente sem anestesia. Dessa vez eu trouxe as radiografias e a doutora me mostrou que realmente meu dente do siso estava bem comprometido, dava para ver que ele estava praticamente oco em algumas partes. Aproveitamos para marcar a extração do siso para a semana seguinte... Foi bom, assim faço tudo nas minhas férias, mas fiquei morrendo de medo!

Extração marcada, combinei de a minha mãe me acompanhar. Cheguei no consultório bem nervosa, com dor de estômago, com medo da anestesia, de doer, do pós... A doutora me acalmou bastante, deixou minha mãe entrar (o que nem sempre é bom, já que ela quase desmaia quando eu tiro sangue, mas foi bom pelo apoio moral) e disse que faria tudo no meu tempo.

No fim, tudo foi MUITO mais tranquilo do que eu podia imaginar! A doutora foi me explicando tudo o que ia fazer, minha respiração estava acelerada e ela deve ter percebido que eu estava apavorada. Aplicou a anestesia com tanta delicadeza que tive que perguntar se ela aplicou mesmo, não senti nada! Aí fiquei nervosa achando que ela não tinha aplicado, até que comecei a falar mole, estava até com a língua meio dormente. Quando a anestesia fez efeito, ela começou a usar muitos e muitos instrumentos que preferia nem ver. Eram espátulas, alicates enormes, credooo! Tem que ter estômago para ser dentista! E depois de alguns minutos de briga, o dente finalmente saiu. Antes dele sair, quebrou alguns pedaços (estava morrendo de medo disso acontecer, fizeram tanta propaganda ruim disso), mas não influenciou em nada.

A doutora deu os pontos que precisava, me deixou sentada para voltar bem da anestesia, me fez muitas indicações (continuar com o antibiótico, começar um antiinflamatório, tomar muitos sorvetes, não tomar sol nem banho quente e comer comidas frias ou mornas). Indicou três dias de repouso total e nada de pegar o filhote no colo, carregar peso, cozinhar e abaixar muito a cabeça.

O resultado: ainda estou me recuperando, mas está sendo muuuuito mais sossegado do que eu poderia imaginar! O durante eu realmente não senti nada (tirando medo, rs) e o depois foi tranquilo na medida do possível. Sou muito inquieta e não presto para fazer repouso. Com uma semana de pós-parto eu estava no mercado fazendo compras para casa.

No final do segundo dia eu senti umas fisgadas nos pontos, não chegou a ser dor, mas preferi não abusar e passar o dia seguinte todo deitada, vendo filmes. A parte ruim é que minha boca encheu de aftas e isso doeu demais! Muito incômodo, dor, piorou para comer, um saco. A parte boa é que sábado eu já estava quase nova, ainda bem!

Me sinto aliviada por ter superado mais esse desafio, ter me livrado de um dente que me dava problemas desde que nasceu e que ainda estava estragado e poderia estragar outros dentes, além de parar de morder a bochecha, de tão torto que ele era! Agradeço muitíssimo à doutora Christiane, que está conseguindo me tirar esse medo terrível que tenho de dentista e deixando meus dentes lindos novamente! E rezo para não botar meu projeto a perder de taaaanta porcaria que estou comendo, estou me sentindo mais gorda a cada minuto que passa de tanto sorvete e iogurte que estou comendo, socoooorro!

E semana que vem tem o retorno e creio que o final do meu tratamento, ufa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário