sábado, 29 de março de 2014

A chegada da Peppa Cat

Depois da chegada do Stevie, ficamos com aquela vontade forte de adotar um amiguinho para ele. Chegávamos do serviço e Stevie estava atrás da porta, esperando. Quando abríamos a porta, ele começava a miar, miar, miar, se esfregar na gente, dava aquela pena. Aí conversamos com quem já tem gatos, com a veterinária dele e chegamos ao seguinte perfil de adoção: uma fêmea filhote e castrada.


Desconfiada, primeiro dia em casa


Assim começaram as pesquisas, entrei em contato com ONG's, pesquisei na internet, entrei em grupos no Facebook. Nessas andanças, conheci a Patricia, do Projeto Vida Animal*. Ela postou a foto de uma gatinha fofa e começamos a conversar inbox, descrevi o perfil de casa, contei que tinha o Arthur e o Stevie e ela me indicou três gatinhos. Dos três, optamos pela Cacau, que virou Peppa Cat (escolha do Arthur!).


Relaxando e se adaptando


Passados os trâmites de adoção, com preenchimento dos formulários, fotos das janelas e envio dos documentos para o microchip da Peppa (ela é chik!), chegou o dia da entrega dela. O marido da Patrícia e um outro rapaz foram em casa sexta a noite e trouxeram a Peppa na caixinha de transporte. Ela e o Stevie ficaram trocando "fizzzz", então fomos orientados a deixar a Peppa no nosso quarto por uns dias. A adaptação durou só o fim de semana, no domingo eles já estavam juntos no mesmo ambiente, comendo juntos, mas sem brincar ou deitar um perto do outro. Quando se cruzavam, soltavam um "fizzz".

A semana passou e olha que coisa boa, Stevie e Peppa se adaptaram super bem! Correm, brincam, dormem juntos, estamos muito felizes! Peppa é linda, um pelo brilhante e duas manchas brancas e charmosas na barriga. Esperta, sobe em tudo e quer comer tudo, rs, fica nos seguindo com aqueles olhões amarelos. Ah, e esses olhões amarelos que guiam o Stevie e é lindo de ver. Antes da Peppa, Stevie era quietinho, brincava pouco. Hoje Stevie corre, brinca, ataca a Peppa, ela revida, tudo na brincadeira, claro. Eles fazem gangue para pedir sachê, gritam e miam até abrir, dois mimados, rs.


No paparico comigo e pagando linguinha, rs


Peppa às vezes vem dormir comigo, mas ela e o Stevie gostam mesmo do meu marido. Onde ele está, eles estão, é incrível! Essa noite dormi com Arthur e meu marido dormiu no quarto do pequeno. Hoje de manhã tirei essa foto:


Stevie e Peppa 


Eles são grudados com meu marido, então eles dormem comigo quando meu marido dorme comigo. Fim. Tenho que pegar outro gato para chamar de meu, viu, rs. 

Estamos muito contentes com o resultado, Peppa é ligeira e foge das "Feliciosices" do Arthur, sem arranhar ou machucar. No primeiro dia ele achou que ela era o Stevie e agarrou ela com tudo. Ela, coitada, se apavorou e tentou arranhá-lo, mas depois disso nunca mais. Ela vê o Arthur e sai correndo, fugindo do pequeno agarrão, rs. Ela é linda e tem 6 meses, ou seja, ainda vai fazer muita companhia para o Stevie e para nós!

Seja bem-vinda, Peppa Cat, você já conquistou um espação nas nossas vidas! 

* OBS: devo meus parabéns e meu muito obrigada à Patrícia e ao Projeto Vida Animal! Eles cuidam, resgatam, castram, vacinam e procuram pessoas para adoção responsável, um trabalho lindo e com certeza que exige muito esforço para continuar! Eles contam com doações de rações, areia, remédios, caixas de transporte e dinheiro para manter o projeto. Peppa chegou em casa vacinada, vermifugada, castrada e microchipada! Só tenho a agradecer e a elogiar o projeto! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário