terça-feira, 17 de junho de 2014

Minha opinião: Sucos “do bem” – Parte I

Dividi a parte dos sucos porque a linha tem alguns sabores diferentes. Nesse post vou comentar o que eu e minha família achamos dos sabores limonada, abacaxi com hortelã e tangerina.



Ando procurando alternativas mais saudáveis para minha família. Arthur vai para a escola e tem que levar lanchinhos todos os dias. Andei lendo reportagens e estudos sobre néctares e sucos industrializados e é tudo assustador: alguns são compostos apenas por água e açúcar! Uma caixinha de néctar de fruta (boa parte dos sucos de caixinha são néctares) contém muito açúcar, corantes e fruta mesmo quase nem tem. Como dizia minha professora da GV, tem um susto de fruta de tão pouco que é!

Como eu já tinha comentado em outro post, simpatizei com a marca logo de cara, quando experimentei o suco de laranja deles na casa da minha sogra. Gostoso e, apesar de industrializado, tenta ser fiel ao sabor natural. Na embalagem, a marca promete um produto sem conservantes e o mais natural possível.

Em São Paulo, resolvi procurar por produtos da marca e experimentamos alguns sabores. Não encontrei em canto nenhum sabores como o misto de maçã, açaí, morango e guaraná ou misto de maçã, mamão, laranja e banana, estou á procura ainda.

O suco de abacaxi com hortelã foi o que menos gostei. Como todo suco de abacaxi, tem gosto meio de passado. Além do mais, o toque de hortelã é forte e o suco fica com o gosto bem acentuado. É um suco que não agradou ninguém lá em casa e não comprei nunca mais.

O suco de tangerina é o melhor dos três. É bem saboroso, parece natural, a cor é linda, docinho com o toque de azedinho que o cítrico da tangerina dá. Como é industrializado, é um pouco forte, mas eu adoro. É bem fiel ao sabor natural da fruta e dos sucos de tangerina de caixa que já provei, é de longe o melhor.

 A limonada é gostosa, mas ainda prefiro fazer a natural mesmo. É um pouco mais ácida que a natural e vem bem adoçada, acredito que para conservar melhor o suco (que não conta com corantes nem conservantes artificiais). Como a caixa de um litro dos sucos custa em torno de R$8,00, acho bobagem gastar esse dinheiro todo sendo que fazer uma limonada em casa não leva mais do que cinco minutos, né?

A parte do boa: os sucos pequenos (de 200 ml) são uma boa opção para o lanche da meninada, por ser menos artificial do que o Kapo, Vig e outros sucos de caixinha. Custam em média R$2,00 e estão disponíveis em todos esses três sabores, então dá para variar bastante. Em casa Arthur é fã do de uva e laranja (post em breve).

Investir numa alimentação melhor para nossos pequenos é um passo de formiguinha e os resultados são colhidos lá na frente ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário