domingo, 25 de janeiro de 2015

Gatos brancos e surdez

Em novembro, quando a Anna apareceu nas nossas vidas, não dei a menor importância por ela ser branca, pelo contrário, achei tão linda aquela gatinha branca (tão branca que dá pra ver a pele rosinha dela por baixo). Anna não tem o rabo, só o toquinho, é um barato! Parece um rabo de pug, sabe?

Ela chegou em casa numa manhã de sábado, a protetora que a resgatou, a Adriana (um doce de pessoa!) a levou para nós já castrada, aquele toco de gata linda, assustadinha, miudinha, filhota de tudo. Ela tem olhos lindos, um azul profundo e outro verde meio acinzentado, é lindo demais!

Anna no dia em que chegou

No dia em que ela chegou, meu amigo João logo me perguntou se eu não tinha receio dela ser surda, por ser branca. Nem me liguei nesse detalhe, porque desde criança que escuto falar nisso. Fizemos alguns "testes" e aparentemente ela escuta. Dia depois a levei ao veterinário e a Dra. disse que gatos brancos realmente tem altos índices de surdez, principalmente quando tem olhos azuis. 

Cara de sono

Às vezes faço testes e a branquela não parece ser surda mesmo, mas vou continuar testando. Achei que gatos eram só olhos, mas que nada, depois do Stevie vi que gatos tem uma audição tremenda, assim como olfato bom. Fico meio em dúvida às vezes porque ela não demonstra muito medo do aspirador (Stevie demorou muito para perder o medo) e ela mia muito (mas sempre mia quando está brincando de caçar alguma coisa). 

Peguei umas dicas no site Gatinho Branco, quem tem gatos brancos vale a pena ler! Pelo site vi que gatos com dois olhos azuis tem mais chances de surdez, um olho azul apenas diminui um pouco e os dois olhos de outras cores diminui mais ainda. Com a Anna tem um de cada cor, as chances dela são de até 40%, altas, mas nem tanto. Espero que ela não seja, mas se for será amada do mesmo jeito e também será bem levada, ela não para um minuto! Só podia ser gata do Arthur, rs!


Nenhum comentário:

Postar um comentário