quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Pérolas do Arthur

Vivo querendo registrar, antes que eu esqueça e com a correria vou deixando, deixando e... acabo esquecendo! Ele está numa fase tão gostosa, tão falante, a gente se diverte com as pérolas!

Dia desses meu pai foi em casa e simplesmente sentou e trocou o canal da TV. Arthur estava vendo Jessie na NetFlix e meu pai pôs no jornal. Arthur ficou lá, deitado, esperando, pensando. Virou para o avô e disse: "bobô, buchê tá cansado, vai pa casa dumi, vai?". Caímos na risada! E não foi só. Ele levantou com o controle remoto na mão e disse para mim "mamãe, bota na Jessie, bobô vai pa casa dumi!". Foi a melhor, falamos disso quase todo dia, rs!

Outro dia meu pai estava em casa assistindo TV e acabou cochilando sentado. Arthur estava no chão brincando e eu estava conversando com minha mãe. Quando Arthur reparou no avô, ficou sentado olhando, olhando, com uma interrogação na testa. Virou para mim e minha mãe e disse "bobô tá doente?". Meu pai até acordou pra rir =P

Arthur está aprendendo muitas palavras novas a cada dia que passa. Dia desses queria me dar um beijo na "coxa". Fiquei pensando, meu Deus, beijo na coxa? Aí perguntei pra ele onde era a coxa e ele apontou para a bochechinha dele. Apontei para o cabelo dele e ele disse "cabelo", para o olho e ele foi falando tudo certinho. Quando chegou na bochecha ele nem pensou, disse "coxa". É tão fofo quando pedimos um beijo na coxa e ele vem melar nossas bochechas... pena que daqui a pouco essa inocência vai embora...

Outra coisa, ele anda apaixonado pela lua! A noite ele sempre olha pro céu e fala "mamãe, olha a lua!". Adora as "estêlas", mas a lua é sua preferida. Ele admira mesmo, vai ser um romântico esse menino!

Está apaixonado por animais, herdou de mim essa quase loucura por bichos. No ano novo ficamos na casa dos primos que tem vários bichinhos, ele curtiu muito os cachorros e voltou determinado a ter uma "tataluga". Lá na casa do primo Miguel Arthur tem um casal de jabutis, se eles derem bebezinhos quem sabe a gente não adote um? Esses dias mesmo ele estava falando da "tataluga".

Sobre bichos também: no começo de janeiro fomos até a Gávea buscar comida no Braseiro (melhor comida brasileira que já comi, por sinal). Enquanto o pai comprava comida, ficamos eu, Arthur e minha mãe esperando, andando pela rua. De repente apareceu uma gata preta com olhos amarelos, lembrava muito a nossa Peppa. Arthur ficou maluco, queria pegar a gata de qualquer jeito! Mansinha de tudo, até no colo veio, mas Arthur cismou que a gata era a Peppa... não queria tirar o pé dali, falava indignado "mamãe, pega a Peppa! Tem que levá pa casa!". Explicamos que ela era igual, mas não era a Peppa, que a Peppa estava em casa dormindo com o Stevie, mas nada o convencia. Depois de muito esforço eu acho que ele entendeu, fiquei até com um pouco de pena da gatinha... e minha mãe disse "Ai, meu Deus, esse menino vai ser igual a você com bicho, trazer tudo que acha na rua pra casa. Será um Guaciaro!". Vamos aguardar, rs.

Ah, e nossa gatinha branca, a Princesa Anna, ele chama de Buguela (Branquela), rs.

E ele inventou que a irmã trará uma "tataluga" de presente pra ele quando nascer... céus, segurem esse bicheirinho!

Já sinto saudade, com está passando rápido! Me derreto! Ainda bem que a Rafaela vai passar por tudo isso ainda, depois virão os sobrinhos e essa saudade sempre será amenizada.

Arthur = S2

Nenhum comentário:

Postar um comentário