domingo, 26 de abril de 2015

Dia de CineMaterna: Cinquenta Tons de Cinza

Essa foi nossa primeira vez no CineMaterna!

Eu enrolei para fazer esse post para ver se achava a foto que tiraram minha e da Rafaela, mas como não achei, vai sem foto mesmo.

Fui ao CineMaterna quando Arthur era bebê e tinha gostado bastante. Tinha bem menos salas com a sessão especial para mamães, então fui pouco, mas dessa vez tem CineMaterna toda semana, às vezes mais de uma sessão em lugares diferentes, muito bom!

Estava rolando a maior polêmica que o CineMaterna estava apresentando Cinquenta Tons de Cinza e que isso era um absurdo, que o filme era pesado e tal. Por um acaso entrei no site para conferir e vi que naquela tarde teria o filme no Mooca Plaza Shopping. Como é perto de mim, resolvi assistir, a Rafa só tinha um mês mesmo, não teria mal.


Créditos de imagem para Minha Contracapa


Chegamos em cima da hora, a sessão estava lotada! A maioria estava com bebês de colo como eu, alguns estavam com crianças que já andavam, mas ainda pequenas. Vou falar sobre o filme e no final dou minha opinião.

O filme, baseado no livro homônimo, conta a história da jovem Anastasia Steele, uma estudante de literatura que conhece o jovem empresário Christian Grey, quando foi entrevistá-lo no lugar de uma colega que ficou doente. Eles sentem uma atração imediata um pelo outro e acabam se encontrando algumas outras vezes, até que se envolvem e começam a se relacionar. Enquanto Anastasia é toda ingênua e pura, Christian é experiente e gosta de sadomasoquismo. O filme é uma trilogia, então terá pelo menos mais duas partes (isso se eles não inventarem de dividir o terceiro livro em duas partes...) e nesse primeiro filme o casal fica lutando entre o amor que sentem um pelo outro e o vício que Christian tem pelo bondage. Tem cenas bem fortes e eróticas sim, apesar de não mostrar tudo como num filme pornô, aparece o povo pelado o tempo todo. O filme não é ruim, como sempre fica devendo ao livro em detalhes, mas é um romance, com drama, choradeira, amor, sexo e tudo mais o que tem direito. Achei muito pesado mesmo para qualquer criança ver, só fui com a Rafaela mesmo porque ela dormiu literalmente o tempo todo, mas eu nunca levaria um filho maiorzinho para ver, achei que o pessoal do CineMaterna viajou legal em colocar esse filme, mas... agora já foi, né? Nem sei mais se ele está em cartaz.

Ah, Beyoncé está arrasando na trilha sonora do filme, diva!

Assista os dois trailers aqui!

Espero que tenham gostado do post, até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário