segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Voce acredita em carma?

Ah, eu acredito! E às vezes quero morrer de raiva do Carma... Carma significa "o que se deve, se paga", apesar dessa frase não ser usada na doutrina de Allan Kardec. Até a Física tem um toque de Carma, que diz que toda ação tem uma reação.

Eu acredito que quem planta o bem, jamais colherá o mal. Acontece que algumas coisas "ruins" pintam em nossas vidas e acabamos achando que é castigo, ficamos questionando nossa fé, é complicado. E aí o tempo passa e vemos que tudo tem um porque e a vida é uma orquestra afinada, que Deus escreve certo por linhas tortas e que ninguém ganha uma cruz que não pode carregar, né?

Eu tenho minhas falhas, meus defeitos, mas procuro sempre andar na linha, não ferrar com a vida alheia e fazer o bem. Hoje eu enxergo as coisas de uma maneira bem diferente, mas há poucos anos eu achava que, quando acontecia algo ruim, era um castigo pra mim. E depois de um tempo percebi que às vezes acontecem coisas ruins com a gente no meio do caminho, mas o final é ótimo e feliz. Às vezes a gente é surpreendido com uma tristeza grande, uma decepção, uma frustração e um tempo depois, acontece uma coisa muito melhor do que esperávamos. Então, aquele momento ruim foi só um trampolim para um desfecho muito melhor!

Eu amadureci uns dez anos em cinco depois que me tornei mãe. Sempre digo, tenho muito o que aprender ainda, mas a maternidade me ensinou um monte de coisas de uma vez! Aprendi a valorizar o lado bom das coisas, que nem sempre podemos ter e fazer o que queremos, que os filhos são nossos maiores bens e que temos que aprender a controlar nosso egoísmo em prol dos nossos pequenos. Que muita coisa que a gente punha lá pra cima, valorizava até, eram coisas que não valiam tanto a pena assim.  Hoje eu percebi que vale a pena fazer algumas trocas, mudar alguns hábitos, tudo para uma vida mais sossegada. Percebi que, depois das crianças, vale a pena valorizar as pessoas e amigos certos, porque depois que a nossa vida fica "chata" e cheia de obrigações, muitos amigos desaparecem.

Eu acredito que muita coisa está escrita em nossas vidas, mas nossas atitudes fazem toda a diferença e as coisas podem sim serem reescritas. Tenho certeza que o bem atrai o bem, que quando damos amor, recebemos mais amor ainda de volta. Que quanto mais doamos nosso tempo e nossas coisas, mais energia limpa e nova entra na nossa casa. Já passei perrengue financeiro e fui muito ajudada e hoje que as coisas estão melhores, ajudo sempre que posso. Em troca, sinto receber um sopro de gratidão do universo sempre, é uma sensação muito boa, de proteção, sabe?

A lei do retorno é real e carma é um assunto que me intriga e deixa admirada ao mesmo tempo... eu acredito muito neles!

Nenhum comentário:

Postar um comentário