quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Hoje eu assisti - Hope

Semana passada eu tive umas madrugadas insones, Rafita ficou meio doente e eu não consegui dormir... aproveitei para tentar por em dia uns filmes na Netflix.

Obs: meu perfil na Netflix estava tão, mas tão parado, que não tinha NENHUM filme em "continuar assistindo", acreditam? E nos últimos vistos tinha só Peppa e Galinha #vidademain

Voltando!

Aí comecei a pesquisar, já que desde a última vez que vi foram lançados vários e vários filmes novos. E aí eu caí no Hope.



Hope é um filme sul coreano que conta a história de uma menina de 8 anos (que tem o mesmo nome do título) e vive uma vida humilde com seus pais. Sua mãe tem um pequeno comércio na frente da casa deles e seu pai é um metalúrgico muito trabalhador. Um dia, Hope vai para escola e é sequestrada e brutalmente estuprada e espancada por seu agressor. Ela sobrevive ao ataque, mas luta para se recuperar física e psicologicamente desse grande trauma, com ajuda de seus amorosos pais, além de lutar por uma punição para seu agressor.

Bom, nem preciso dizer que o filme é triste e pesado, né? E que eu logo me arrependi de ter assistido, mas fiquei curiosa em terminar. Não é um filme ruim, pelo contrário, é muito bom! O elenco é muito talentoso, a fotografia é interessante, mas pra gente que é mulher, que é mãe, é difícil ver um filme desse...

O que deixa mais pesado ainda é que o filme foi baseado em fatos reais, num caso de estupro que chocou a Coréia do Sul. Em 2008, a menina Nayoung (pseudônimo para proteger a identidade da vítima) foi sequestrada e estuprada enquanto ia para escola e seu agressor teve a pena atenuada por estar alcoolizado, situação que revoltou o povo sul coreano.

Então fica a minha resenha sobre o filme, gostei, mas achei muito forte! Prepare os lencinhos e o coração se for assistir.

Assista ao trailer de Hope aqui!

*Atualização: depois de receber um comentário malcriado (que não publiquei pq além de malcriado, é de perfil sem foto), faço uma correção. Eu nunca imaginei que um filme sul coreano pudesse ser bom porque eu não conhecia nada da cultura coreana, nem as pessoas próximas a mim. E no momento, só amigos e filhos de amigos que são adolescentes falam muito sobre bandas coreanas (BTS se não me engano). Mas depois de pesquisar, vi que eles são muito bons em muitas coisas, sorte de quem já deu valor faz um tempinho ;)

2 comentários: