quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Feliz ano novo!

Hellouuuuu!

Andei sumida, andei corrida, pra variar. Mas não podia deixar de dar minha mensagem de feliz ano novo, porque esse blog é pessoal e de brisas malucas minhas, mas tem umas visitinhas, então senti vontade de me manifestar, rs.

2016 não foi um ano fácil, né, gente? Teve golpe (foi golpe, sim), teve crise econômica feia, teve morte de uma galera da música e cinema, o machismo no Brasil está mais forte do que nunca, mulherada morrendo e levando porrada em peso. Teve atentados ao redor do mundo, a Síria sendo massacrada, acidentes de avião horríveis (força Chape!), o mundo anda bem maluco.

Teve coisas lindas também, claro, mas percebo que foi pesado para a maioria das pessoas...

Aqui em casa tivemos bons momentos, mas o ano foi bem puxado. Perdi uma amiga num acidente bobo, fiquei bem estressada com minha rotina, internei duas vezes por causa da pedra no rim. A parte boa foi que acabamos o ano bem de saúde, juntos, viajamos bastante, seguimos empregados. Mas dizer que foi fácil é mentira, né?

Nesse ano que chega só posso pedir uma coisa: saúde! Como diz o chato do Bial, o resto a gente corre atrás (e corre mesmo!). Sem saúde não somos nada. Espero viajar bastante, conseguir me livrar definitivamente dessa pedra chata e que o ano acabe como 2016, com todos da minha família unidos. Espero que essas guerras e conflitos acabem de vez, que a economia melhore e que as pessoas melhorem de vida junto. São tantos pedidos, né?




Feliz ano novo! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário